Síndrome Boca, Mãos e Pés

boca maos pes

Agora que o bicharoco se foi embora, vamos lá fazer um resumo do que se passou cá por casa.

Tudo começa com uma simpática febre repentina na casa dos 39º, pelo menos, para mais e não para menos. No nosso caso até pensámos que era mais um dentinho a aparecer por aí mas pouco depois começaram a surgir as primeiras manchinhas vermelhas. Uma borbulhinha aqui, outra ali e, sobretudo durante a noite, parecem cogumelos a aparecer por tudo quanto é lados. O nome do síndrome não é à toa, as borbulhinhas aparecem mesmo em volta da boca, nas mãos e nos pés. As danadas não se limitam, no entanto, só a estes lugares do corpinho. Quem diz mãos, diz braços e quem diz pés, diz pernas. Para além disso, é muito comum aparecerem borbulhas na zona da fralda.

As borbulhas que invadem os pequenotes são vermelhinhas, podem ir de 1mm a 1cm, e não se assustem se se transformarem em bolha porque, infelizmente, é comum. No caso do Francisco, ele não teve comichão mas pode acontecer.

Até agora falei-vos da parte visível mas no Boca, Mãos e Pés o mais desconfortável para os pequenotes é mesmo o que nos é mais invisível. Infecção na garganta e pequenas úlceras na boca (gengivas e céu da boca) são as partes mais desagradáveis da coisa. Como lidar com isto? Não há muito que possamos fazer, infelizmente, ainda não existe medicação própria para o síndrome. Antes de mais levem os pequenotes ao pediatra para serem diagnosticados e acompanhados devidamente, mas no imediato dêem comidinha fresquinha como iogurtes, fruta e papa fria porque lhes alivia a boca. Muita água e muito mimo. Principalmente quando as borbulhas começaram a secar, coloquei creme hidratante da Mustela no corpinho do Francisco e um creme para as irritações em volta da boca da Bioderma. Pareceu-me ajudar, mas testem primeiro numa pequena zona para ver como a pele do vosso bebé reage.

Panorama geral: contem com 7 a 10 dias “de molho” em casa.

*Só mais um pormenor. Para além de altamente contagiosa entre crianças, a síndrome contagia também os adultos, no entanto, estes não revelam sintomas, apenas o transportam. Aconselha-se a redobrarem os cuidados de higiene, principalmente quando mudam as fralditas, para depois não serem os maus da fita, ok?!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s