Lanche para o bebé de Banana e Abacate

Aquela hora em que o almoço já lá vai e ainda falta tanto para o jantar….
Comer fruta é sempre uma óptima alternativa às papas para o lanche, sobretudo as instantâneas. E fazer misturas é sempre uma boa opção, desde que sejam ponderadas e, já agora, convém ser depois do bebé já conhecer os sabores e as texturas das frutas envolvidas individualmente.

Hoje fizemos uma mistura bastante simples. Meia banana e um quarto de abacate. Para bebés mais pequenos podem sempre passar as frutas pela varinha mágica para ficar uma papa mais homogénea. Para o Kiko, quando lhe dou papas de fruta, prefiro esmagar simplesmente com um garfo, para ficar grumoso mesmo e ele sentir mais textura.

Foi muito engraçado ver a reacção. O Kiko já conhece bem os alimentos e antes de comer seja o que for gosta de espreitar para dentro do prato ou da tijela. Quando é banana começa logo a dançar, e era mesmo banana que ele pensava que ía comer. Não estava muito longe da verdade mas não estava a contar com o abacate. Depois de um franzir de sobrolho e uma olhar de quem está a pensar “algo não está certo com esta banana….”, não demorou muito até a tijela estar vazia e até haver alguma reclamação por mais (guloso!). Sem dúvida, um lanchinho para repetir.

Creme de grão para o Kiko comilão

Já há algum tempo que não deixo aqui uma receita de sopinha. Então vou partilhar hoje a receita de um delicioso Creme de Grão.

Eu pessoalmente não aprecio grão, mas sou apologista que se deve dar de tudo a provar aos nossos pequenotes (nas devidas alturas recomendadas) para que sejam eles a decidir do que gostam e não gostam. Mesmo quando não ficam fãs de algum alimentos, volto a tentar mais tarde e cozinhado de maneira diferente, porque pode ter sido introduzido numa altura menos boa ou o pequenote não gostar daquele modo em particular.

O Francisco, ao contrário de mim, gosta muito de grão. Apesar de já ter comido anteriormente, nunca tinha comido assim e a experiência até foi bastante positiva. Primeiro estranhou mas depois comeu tudo até ao fim sem qualquer protesto.
Para fazer no robot de cozinha, vamos precisar de 200g de batata, 180g de grão, 70g de abóbora, meia cebola média, 250g de água e um fio de azeite para acrescentar no final. E bastou 11 minutos, a 100º, na velocidade 3.
Esta quantidade deu para, aproximadamente, 3-4 sopas de 200ml.

Para a próxima irei acrescentar a esta receita umas folhinhas de agrião ou espinafre. Parece-me que não ficará nada mal.

Vitória! Vitória! Ele gosta da sopa!

sopa ervilha frango

Quando fazemos uma sopa que os nossos pequenotes realmente gostam e comem com gosto, parece uma vitória sobre o melhor e maior exército do mundo. Um aleluia com direito a anjinhos a cantarolarem e tudo. Os nossos olhos enchem-se de água, verdadeiras lágrimas de orgulho deles e de nós, e estrelinhas brilham em volta da nossa cabeça. Eu passei por tudo isto e um pouco mais esta semana quando o dei ao Francisco sopinha de frango com ervilhas. Acho que vou fazer esta sopa semana sim, semana não a partir de agora, até ele enjoar. E eu sou daquelas mamãs que nem posso reclamar muito porque o meu menino come muito bem. Mas tenho de aproveitar não acham?

Continue a ler “Vitória! Vitória! Ele gosta da sopa!”