Mamã, para onde foram os meus caracóis?

E chegou o dia do primeiro corte de cabelo. A franja já insistia em ir para a frente dos olhos e os caracóis louros já esvoaçavam por cima das orelhas sem qualquer controlo. Mas eram tão giros…. Ao mesmo tempo, tinha mesmo de ser. Já se tornava desconfortável e vem aí o tempo mais quente. É uma boa altura para o primeiro corte.

A marcação está feita e os pais já se prepararam e respiraram fundo três vezes.

Obrigada à Barbearia Labreca e ao próprio pela paciência. Não me parece ter sido o cliente mais difícil, mas o facto de estar sentado ao colo do papá que o entretia e toda a parafernália de brinquedos que levámos para a barbearia também ajudou. É sempre engraçado ver pouco mais de meio metro no mundo dos homens grandes.Apesar de se ter portado muito bem enquanto estava na cadeira do barbeiro, desde o borrifador de água a salpicar a cara até ao final, passou o tempo todo com olhares desconfiados. Sobrancelhas franzidas e uma expressão de quem está a pensar “que raio estás tu a fazer?”.

E lá se foram os caracolinhos dourados….

O mais engraçado foi já no fim quando se punha a olhar para o espelho e se apercebia que estava diferente. A cara desconfiada passava aos poucos a ser uma cara admirada.

Agora parece um menino mais bem comportado ahah 🙂 e está giro!

Passeio de domingo à tarde

AmadoraBD

Com uma constipação tão recente, apesar de ser “fruto da época”, tento não andar com o pequenote na rua nestes dias mais agrestes. Hoje o passeio foi até ao 29º Festival Internacional de Banda Desenhada mais conhecido por Amadora BD. O vento ficou lá fora, o frio também e fomos ver cores, expressões, histórias “aos quadradinhos” para pequenos e graúdos. Uma boa maneira de incutir o “bichinho” da leitura e de puxar pela criatividade e imaginação no meu pequenino. Cultura visual não faz mal a ninguém, certo? Se tiverem oportunidade passem por lá, é uma tarde bem passada.

Agora sim, chegou o Outono

pes.jpg

E nem é particularmente porque no sábado passou uma tempestade pelo nosso Portugal ou porque hoje está a cair um dilúvio. Agora sim, chegou o Outono, porque o pequenote já se ressentiu com as  mudanças malucas de temperatura, desde o dia de inverno que se faz sentir pela manhã, passando pelo dia tórrido de verão e regressando ao inverno à noite.

Continue a ler “Agora sim, chegou o Outono”

Mamãs em forma

jump

Depois de uma barriguinha linda e roliça, é altura de voltar à forma. Nem sempre é fácil no primeiro ano da mamã, muitas vezes por falta de tempo e outras vezes por maus hábitos que, sem querer, acabamos por criar, já para não falar na falta de força de vontade. Mas como não é de todo impossível e neste caso a vontade está cá, vamos lá a isso.

Continue a ler “Mamãs em forma”

O Outono à porta

shopping

Com o Outono aí à porta o Francisco começa a precisar de roupa mais quentinha. “Ah, vou só ver.” entra numa loja, entra na outra a seguir e mais duas. Nesta altura começo a sentir que já me estou a perder. Uma coisa leva à outra, e quando dou por mim lá ando eu carregada de sacos que nem uma burra. As novas colecções já estão a partir corações em tudo quanto é montras para quem quiser namorar. Como sempre, fiquei super feliz por ter encontrado coisas tão giras, e não trouxe nem metade do que gostei.

Feliz 1/2 Aniversário!!!

meio aniversario

Festas! Nós gostamos de festas! Quando o Francisco fez 6 meses achei por bem fazer uma festa de 1/2 aniversário. Porque não? Partilhar felicidade não é mau pois não?

“Mãe… acho que gosto disto” deve ter sido o que ele pensou. Receber mimos de todos os cantos do planeta, umas prendinhas pelo meio e decorações giras para olhar e mexer não podia ser um dia melhor. Queremos é festa, mimo e brincadeira. O mundo é perfeito com 6 meses 🙂

Continue a ler “Feliz 1/2 Aniversário!!!”

Férias de Verão – parte IV – Regresso a casa

Férias IV

E de repente chega ao fim. Temos de fazer malas, outra vez, e de algum modo não me apercebi de ter tido férias, ou pelo menos da maneira a que estava habituada a ter. Foi relaxante, divertido, e não se pensou 1 minuto no trabalho, por outro lado, o cansaço está cá, ainda que seja, desta vez, um cansaço diferente. Não me apercebi das caipirinhas, dos mojitos e do dolce far niente à beira da água, ou mesmo até do trabalho para o bronze. Pensando bem, não sei se não volto mais branca do que cheguei.

Continue a ler “Férias de Verão – parte IV – Regresso a casa”